O verão acabou, mas a hidratação deve continuar !!

       Ouvimos falar durante todo o verão sobre a importância de beber água e manter o organismo hidratado, mas e o restante do ano?? Não é importante??? Com certeza sim, mas como não sentimos falta da água nos dias mais frios, achamos que o corpo não necessita dela, e é aí que nos enganamos.

  •  Nosso corpo chega a ter 80% de água nos primeiros meses de vida, 60%  em um adulto e apenas 50% em pessoas com mais de 60 anos. Com o passar dos anos nosso corpo perde água e nosso organismo começa a ressecar – a pele enruga, diminui o fluxo sanguíneo e as articulações ficam mais rígidas – aumentando a necessidade do consumo de líquidos. Quando estamos bem hidratados, nossa pele fica mais macia e elástica, os cabelos brilhantes e a saúde em dia.
  • A ingestão de água está ligada a dissolver a maioria das substâncias que ingerimos ou produzimos (eliminar toxinas), transportar substancias orgânicas, (principalmente  o oxigênio), regular a temperatura corporal, lubrificar as articulações, aumentar a saciedade precoce reduzindo o apetite (coadjuvante em dietas de emagrecimento, uma vez que não possui caloria nem gordura).
       
  •  Daí dizer, ser um erro beber água apenas quando se tem sede. Fatores como boca seca, mal estar, diminuição da produção salivar e respiração vigorosa pela boca são sinais de que o corpo evidencia que a reposição deve ser imediata.
       
  • A não hidratação pode ocasionar o enfraquecimento dos cabelos, envelhecimento da pele, distúrbios do sono e da memória, ressecamento dos olhos e vias aéreas propiciando conjuntivites, sinusites e até bronquites. Pele esbranquiçada, garganta seca e urina escura são indícios de baixa hidratação.

Na prática de exercícios por exemplo, o organismo desidratado sofre de um desequilíbriode eletrólitos, que podem provocar cãibras nos músculos. Para prevenir
tal situação, o praticante devera’ assegurar-se que se encontra
perfeitamente hidratado, antes e durante o exercício.
Nunca se deve esperar, a sede, ou vontade de beber, de fato, e’ possível
que o organismo desidrate antes disso.

Quando beber

    Sentir sede é um dispositivo falível que nos impede de ficar severamente desidratados.
    A falta de sede mascarada encobre a necessidade real de ingestão.
    A reposição é necessária em: dietas hiperprotéicas (ricas em proteínas) ou hipersódicas (ricas em sal), prática de atividade física, ambientes quente, frio, seco, ou movidos a ar condicionado (baixa umidade), uso de bronzeamento artificial, demasiada exposição ao sol e doença.
 
Retenção de Água no Organismo

O sódio, é um dos principais compostos que favorece a retenção da água
no organismo. Nos dias mais frios, temos a tendência em ingerir alimentos mais calóricos e consequentemente com mais sódio. Quanto menor for o nível de ingestão de água no organismo, menor será a capacidade de eliminar do corpo a presença excessiva de sódio.
Se um individuo, após ter ingerido uma determinada quantidade de comidas salgadas ou com elevada concentração de sódio, não compensar o organismo com a presença de água, o corpo irá extrair dos intestinos, a água necessária para a dissolução do sódio.

Quanto beber

    A média é de  8  a 11 copos de água por dia.    Vale dizer que a ingestão deverá começar em jejum, incluindo a sua ingestão de meia hora antes das principais refeições ou uma após.
    O aconselhável é que essa ingestão adequada e regular deve ser incrementada principalmente nos intervalos entre as refeições. Para calcular o consumo diário ideal, multiplique o seu peso por 0,03. Por exemplo, um adulto que pesa 70 kg deve consumir por volta de 2,1 litros de líquidos por dia

Como beber

   
    As perdas exatas durante o exercício devem ser monitorizadas pelo peso do corpo (pesar-se antes e depois revertendo a perda em Kg para o equivalente em ml de água) e pela cor da urina  (urina clara- boa hidratação, urina escura- desidratação).
   

Quanto ao uso dos isotônicos, indica-se apenas em eventos que durem mais de 4Hs, particularmente quando as condições ambientais forem quentes e úmidas.
    Em eventos com duração inferior a quatro horas recomenda-se apenas a ingestão de água.

  • Não é só a água que contribui para a hidratação: frutas, legumes, sucos e outras bebidas também hidratam, mas podem fazer diferença na balança. Os líquidos gasosos hidratam 50% menos que os não gasosos e as bebidas alcoólicas desidratam o corpo, por isso, para cada copo de bebida alcoólica, tome dois de água.

Exercícios na gravidez

          Os exercícios físicos são importantes em diversas fases da vida, inclusive na gestação. O mais importante é que a gestante se sinta bem com a prática de exercícios e que o médico obstetra esteja ciente e autorize a prática de atividades físicas e de preferência que esta prática tenha  a orientação de um profissional de Educação Física.  Geralmente quando a mulher já tem o hábito de praticar exercícios antes da gravidez, ela pode continuar com essa prática com uma certa moderação principalmente nos 3 primeiros meses, onde o bebê ainda está em formação e também onde o risco de aborto espontâneo é maior. Se a mulher sempre foi sedentária ou está sedentária, não é aconselhável o início da prática de atividades físicas antes do terceiro mês pelos mesmos motivos já citados.

Existem alguns exercícios mais indicados para gestantes e a escolha se dá pelo bem estar e necessidade da mulher neste momento tão especial.

Pilates: Os movimentos do pilates fortalecem a musculatura de sustentação do abdômen, lombar,   assoalho pélvico e glúteos, melhorando a postura da gestante e aliviando dores nas costas.

Alongamento:  Proporciona o relaxamento e o equilíbrio para músculos sobrecarregados pelas mudanças posturais na gravidez.  A melhora da flexibilidade dos músculos e articulações são benefícios que podem ajudar no momento do parto.

Hidroginástica: É muito recomendado para gestantes por envolver alongamento, trabalho cardiovascular e fortalecimento muscular. A pressão da água também promove um melhor retorno do sangue nas pernas, evitando dores, inchaços e cansaço, além da água massagear o bebê.

Caminhada:  A caminhada é um exercício muito indicado por melhorar o condicionamento físico, o sistema cardiovascular e o fortalecimento dos músculos das pernas, é um exercício simples que pode ser praticado em diversos locais, porém com algumas restrições, pois principalmente para mulheres que eram sedentárias antes da gravidez, é importante começar as caminhadas gradativamente não excedendo 20 minutos nos primeiros dias e a frequência cardíaca da gestante em geral não é aconselhável que ultrapasse 140 batimentos por minuto em qualquer exercício, por isso é sempre indicada a orientação de um profissional de Educação física.

Yoga: Os benefícios da prática da Yoga durante a gestação são inúmeros. Esta prática milenar é capaz de trabalhar com suavidade o ser humano por inteiro, atuando no nível físico, energético e mental. Ajuda a restabelecer um novo equilíbrio interno neste momento de intensa transformação, promovendo uma gestação saudável e confiante, além de ser um momento único de contato entre mãe e bebê com técnicas de relaxamento, respiração e exercícios que melhoram a força e a flexibilidade.

 

Estando ou não grávida, é importante que todas as mulheres pratiquem exercícios físicos por diversos fatores que sempre ouvimos dizer e que foram abordados neste texto, mas lembrem-se  de que é preciso acima de tudo se sentir bem e gostar da atividade que se pratica para que não haja  falta de motivação e consequentemente  desistência.

PRATICANDO YOGA


A palavra sânscrita yoga tem diversos significados, e deriva da raiz yuj, que significa “controlar” ou “unir”. Algumas das traduções também incluem os significados de “juntando”, “unindo”, “união”, “conjunção” e “meios”. Fora da Índia, o termo ioga costuma ser associado tipicamente com o Hatha Yoga e suas asanas (posturas), como uma forma de exercício.

Há dezenas de linhas diferentes de ioga no mundo, que propõem não necessariamente caminhos contraditórios, mas sim diversos caminhos para alcançar os mesmos objetivos.

No Brasil a ioga teve início em 1947 por Sêvananda Swámi, um francês de nome verdadeiro Léo Costet de Mascheville. Criador do Sarva Yoga (Yoga Integral).

Vamos falar um pouco sobre algumas linhas de Yoga  mais conhecidas e praticadas em nosso país começando pela Hatha Yoga que inspira todas as outras técnicas.

HATHA  YOGA

Uma das características do Hatha Yoga é a plena atenção na ação.. É preciso estar presente na execução de todas as fases de  um asana (postura física), que são: entrada, permanência e saída e  também estar consciente no pranayama (exercício respiratório). Esta linha  é  muito centrada no trabalho de corpo, dá-se muita atenção ao correto alinhamento corporal durante o asana. Com o alinhamento quebram-se padrões corporais, que quebram padrões emocionais, que quebram padrões comportamentais. Todas essas quebras de padrões se dão porque  o corpo físico se alinha com precisão, nossa respiração está alinhada com a mesma precisão, e então a mente, as emoções e os sentidos entram em equilíbrio. Com o passar do tempo, o praticante de Hatha Yoga  se torna consciente de como os sentidos, a mente e a respiração devem ser utilizados para alinhar o corpo.

  

ASTHANGA VINYASA YOGA

Yoga de oito membros, refere-se ao caminho de oito passos traçado pelo sábio Patanjali. É uma forma antiga e tradicional de yoga, acredita-se que teve sua origem nos textos ancestrais Yoga Korunta de Vamana Rishi. Diferencia-se das demais técnicas por ter uma sequência fixa de movimentos que devem ser executados de maneira bastante dinâmica. Nessa prática as posturas são executadas em sincronia com uma forte respiração.

IYENGAR YOGA

Focaliza-se particularmente nos seguintes aspectos: alinhamento correto do asana, concentração nas ações internas e permanência. O corpo torna-se harmonioso de acordo com a anatomia perfeita. Instrui e corrige com precisão cada postura, com o objetivo de desenvolver a consciência das diferentes partes do corpo e de melhorar o fluxo de energia através do alinhamento. São utilizados recursos como cintos, blocos, cadeiras e almofadas durante a prática, que ajudam o aluno a esclarecer os processos dos movimentos.

POWER YOGA

Baseado nos estilos de Iyengar e Patabhi Jois – Ashtanga Vinyasa Yoga – dá ênfase aos asanas que requerem força e resistência. Sua criação é atribuída a Beryl Bender Birc, que adaptou os estilos acima citados em uma prática vigorosa, encadeada por fluxos dinâmicos sincronizados com a respiração.

Fazendo a pesquisa para escrever este texto, tive a oportunidade de conhecer diversos métodos de Yoga, que nunca sequer tinha ouvido falar, e é impressionamente como esta técnica milenar está atingindo tantos seguidores no Brasil, isso se dá devido ao nosso ritmo frenético de vida que realmente precisa de um espaço para as práticas corporais e a meditação para que não fiquemos loucos, eu já tive a oportunidade de  praticar algumas técnicas de Yoga e gostei de todas. Vale a pena participar de uma aula para ver que tipo de identificação você tem com a técnica e quem sabe, se tornar um assíduo praticante.

Danças Juninas

O mês de Junho é muito comemorado em todo o país pelas festas juninas com suas deliciosas comidas típicas e também pelas famosas  danças chamadas de quadrilha, que em algumas regiões do nordeste, são planejadas e ensaiadas o ano todo com competições assim como as do carnaval. Essas danças tiveram origem na Inglaterra, por volta dos séculos XIII e XIV, fazendo com que a  guerra dos Cem Anos entre França e Inglaterra, servisse também para promover uma transferência cultural entre esses países. A França adotou a quadrilha e levou-a para os palácios, tornando-a assim uma dança nobre, que rapidamente se espalhou por toda a Europa.

A quadrilha chegou ao Brasil no século XIX, com a vinda da Corte Real portuguesa. Rapidamente essa dança de salão,  caiu nas graças do nosso povo. Hoje, porém,  a dança apresenta marcação alternada , em português e francês como o conhecido “Anarriér”, que quer dizer voltar aos seus lugares.

A quadrilha hoje em dia é dançada em homenagem aos santos juninos ( Santo Antônio, São João e São Pedro ) e para agradecer as boas colheitas na roça. Tal festejo é importante pela religiosidade do povo do campo. Existem diversas marcações para uma quadrilha e, a cada ano, vão surgindo novos comandos, baseados nos acontecimentos nacionais e na criatividade dos grupos e marcadores.

Após o período das festas juninas, várias outras danças folclóricas sobrevivem pelo país, pois possuem variados aspectos que, ao mesmo tempo, refletem e emanam as diferenças entre os grupos. As variações musicais, conforme a região, aonde são executadas, também fazem parte deste acervo ou conjunto de alterações que podem determinar as diferenças entre as diversas expressões. Essas são algumas danças típicas folclóricas do nosso país:

ARARUNA

Dança de salão acompanhada por uma banda que se utiliza de instrumentos como: sanfona, triângulo, zabumba, pandeiros, violões dentre outros.

FREVO

Dança de rua e de salão, é famosa no carnaval pernambucano. Simbolizado pelo guarda-chuva, o mesmo serve para ajudar no equilíbrio do passista e expressar a alegria do carnaval em suas múltiplas cores.

 XOTE NORDESTINO

Ritmo cadenciado bastante significativo por aqueles que apreciam uma noitada de muita dança. Também conhecido como “forró mais fácil” foi difundido por Luiz Gonzaga, não só no nordeste, mas por todo o Brasil. Junto ao vocalista temos como acompanhamento musical o triângulo, a zabumba e a sanfona.

XOTE BRAGANTINO

É dançada em pares e em roda, tendo como passo básico o cumprimento entre os casais.

CARIMBÓ

É uma das principais danças de todo o território paraense. É fruto da criatividade dos índios tupinambás que introduziram ritmos de andamentos rápidos, influindo na música e na coreografia da dança que passou a ser agitada, com muitos giros e requebrados dos quadris.

CÔCO

Dança difundida por todo o nordeste, é dançada em roda, fileiras mistas, conjunto, par ou individual.

LUNDU

É considerada a dança mais sensual do Brasil cuja origem vem dos escravos angolanos. O ritmo é lento e cadenciado, predominando os instrumentos de sopro e os atabaques. É um verdadeiro espetáculo, dizem, em noites de lua cheia à luz das fogueiras nas praias paraenses.

CACURIÁ

O Cacuriá é uma dança de roda brincada nas ruas e praças de São Luís, no Maranhão, e tem origem na Festa do Divino Espírito Santo.

PEZINHO

O pezinho constitui uma das mais simples e ao mesmo tempo uma das mais belas danças gaúchas.

 CARANGUEJO

Dança com características das contradanças, Atualmente, concentra-se no Sul, onde se apresenta como dança grave e de pares dependentes.

CANA-VERDE

Muito difundida no nordeste e litoral do Rio Grande do Sul. É dançada em roda, formada por círculos, o de homens por fora, e o de damas por dentro.

Vale a pena nesse friozinho de Junho, aproveitar as festas e as danças juninas. Divirtam-se!!!

Gostaria de agradecer a ajuda do grande pesquisador de danças folclóricas Brasileiras: Allan Kardec de Souza Torres.

A prática do Tai Chi Chuan e a busca pela serenidade

No último sábado de Abril é celebrado em  várias cidades e países o dia do Tai Chi Chuan, com o objetivo de produzir uma “onda mundial” de prática, incentivando a boa saúde das populações, a paz entre os povos e as corretas relações humanas. Com a movimentação suave do tai chi e a respiração profunda, a proposta é  produzir um dia de calma e tranquilidade.  Devido a esta data tão importante aos praticantes e à preservação da cultura chinesa, resolvi prestar esta homenagem escrevendo um pouco sobre esta prática que me trouxe tantos benefícios.

 

Benefícios do  Tai Chi Chuan

O Tai Chi Chuan é uma arte milenar de origem oriental, com um sistema de práticas que beneficiam as pessoas num todo, equilibrando tanto a mente quanto o corpo.
As práticas de Meditação (Serenidade) e o Tai Chi Chuan são técnicas específicas para a obtenção de estados mentais tranqüilos, que podem ajudar na prevenção e na cura de doenças. O Tai Chi Chuan integra o corpo e a mente, a respiração e o movimento, as mãos e os pés. O corpo inteiro se torna integrado e move-se como um todo. A mente (Yi) é usada para dirigir a energia (Chi) e movimenta os membros do corpo. O movimento impulsiona o sangue através do sistema, ajudando no funcionamento adequado dos órgãos internos.
O Tai Chi Chuan é composto de movimentos abertos, redondos e relaxados, designados a estabilizar o equilíbrio das forças vitais do organismo (a união entre as forças vitais Yin e Yang). Isto ajuda todo o corpo a executar suas funções de maneira eficiente, sem a intervenção do trabalho de cada órgão. Através destes movimentos suaves, aprendemos o segredo da “imunidade contra doenças degenerativas”. Com o conhecimento de como exercitar-se corretamente e com determinação a disciplinar-se consistentemente, adquirimos a saúde natural.

Uma breve História do Tai Chi

            A estruturação formal do Tai Chi Chuan só ocorreu entre os séculos VIII e XIII d.C., como uma arte marcial derivada do Kung Fu praticado no templo budista de Shaolin. Este Kung Fu foi primeiramente denominado “Tai Chi Chuan Wudang” devido ao fato de ter sido sistematizado no templo budista de Wudang.  Depois que saiu do templo Wudang, o Tai Chi Chuan evoluiu em várias direções. Nos primeiros tempos foi aplicado como arte marcial pura, sendo que resquícios desta época ainda estão presentes na forma de competições de luta de Tai Chi Chuan em Cingapura e Hong Kong. Apesar disso, o ramo que mais se desenvolveu foi o do Tai Chi Chuan como atividade física para a saúde, que incorporou conceitos da filosofia, da medicina e de outras ginásticas e práticas terapêuticas chinesas, sem descartar completamente o aspecto de arte marcial. Há, pelo menos, cinco estilos descendentes diretos do Tai Chi Chuan Wudang (Chen, Yang,  Wu, Wu Hao e Sun). Em 1956, o Comitê Esportivo Nacional Chinês reuniu professores de educação física e médicos para desenvolveram uma seqüência curta do Tai Chi Chuan contendo elementos dos vários estilos, no intuito de regulamentar, popularizar e facilitar a prática, tanto terapêutica quanto desportiva da modalidade. A Seqüência Curta do Tai Chi Chuan ou Tai Chi Simplificado e os exercícios que compõem esta prática foram publicados numa série de cadernos pedagógicos oficiais, posteriormente reunidos e traduzidos para os principais idiomas ocidentais com o nome de WUSHU – Guia Chinês para a Saúde e o Preparo Físico da Família. Este guia para professores descreve e ilustra, em pormenores, as diversas técnicas disponíveis para o planejamento da prática do Tai Chi Chuan.

             Para quem tiver interesse em assistir uma aula ou saber mais sobre esta fantástica arte marcial, eu indico o site http://www.sbtcc.org.br

Seguindo algumas dicas para uma vida melhor!!

Todos os dias, recebemos vários e mails que muitas vezes nem abrimos por falta de tempo ou mesmo porque sabemos que não acrescentarão nada em nossa vida, e mails de corrente então… ah por favor não façam isso, a não ser que você odeie a pessoa que você está enviando rrss… Bom, mas algumas vezes eu abro esses emails de algumas pessoas que eu confio, e não é que eu gostei, achei o texto muito divertido e que me fez refletir muito.

10 Dicas para manter-se jovem:
1. Deixe fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso e a altura.
Deixe que os médicos se preocupem com isso.

2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam a gente  para baixo.
(Lembre-se disto se for um desses depressivos!)

3. Aprenda sempre:

Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixe que o cérebro se torne preguiçoso.

4. Aprecie mais as
cenas cotidianas.  O caminho até o trabalho, o carinho do seu cachorro, o alimento de cada dia.

5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
E se tiver um amigo que o faça rir, passe muito e muito tempo com ele!

6. Quando as lágrimas aparecerem

Aguente, sofra e ultrapasse.
A única pessoa que fica conosco toda a nossa vida somos nós próprios.
VIVA enquanto estiver vivo.

7. Rodeie-se das coisas que ama:

Quer seja a família, animais, plantas, hobbies.

8. Tome cuidado com a sua saúde:

Se é boa, mantenha-a..

Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhorá-la , procure ajuda.

9. Viaje!!!

Vale viajar para sua própria cidade, para um país diferente,

uma cidade vizinha,  ou qualquer lugar que você goste de ir.

10. Diga às pessoas Eu Te amo a cada oportunidade, seja para quem for…

** 11- (esta última dica eu tive que incluir já que a atividade física faz parte da minha história):

– Faça uma atividade física que você goste para que você não desista logo:

Pode ser dança, corrida, natação, caminhada, esportes coletivos, skate, surf, lutas, golf, tênis, squash, remo, musculação, Pilates, Yoga, Tai Chi Chuan, ciclismo…  e mais umas 1000000 que eu não coloquei aqui!!!!

 

5o Cruzeiro Qualidade de Vida

Saúde, diversão e relaxamento na medida certa.

O Cruzeiro Qualidade de Vida será realizado pelo Instituto Qualidade de Vida pelo quinto ano consecutivo.
O Instituto Qualidade de Vida agrega ao Cruzeiro Qualidade de Vida, mais de 20 anos de experiência em promover saúde, qualidade de vida e gestão de pessoas.

A programação é interativa, com atividades diversificadas: aulas de yoga ao pôr do sol, meditação, alongamento, hidroginástica, jogos de tabuleiro, caminhada, técnicas de automassagem, entre outras. Também acontecem palestras sobre saúde, alimentação, inteligência emocional e administração do stress. O participante aprende a se cuidar melhor e aprimorar o seu modo de viver.
Além da extensa programação por nós oferecida, os passageiros poderão contar com a infra-estrutura completa do navio MSC Orchestra da MSC Cruzeiros.
O CRUZEIRO Viaje a bordo do MSC Orchestra. Partindo de Santos, portos de escala Búzios, Maceió, Salvador e Ilhéus.
Saída: 11 de fevereiro de 2012.

Para informações sobre valores e promoções vigentes, ligue:

(11) 3661-8223 ou pelo site:www.iqv.com.br

Treinamento Perfumado (Xiang Gong)

Não sei se todos já ouviram falar em almíscar, mas quando ouço essa palavra me lembro de perfume, fragrâncias, algo do tipo, pois é isso mesmo, existe uma história muito interessante sobre essa substância, e que dará todo o sentido para esse texto de hoje.

O almíscar é uma substância contida numa bolsa sob o abdômen do almiscareiro macho, que é um animal que habita os picos do Himalaia, e que após certa idade o odor do almíscar começa a sair dessa bolsa e a perturbar esse animal, fazendo- o pular durante semanas para todos os cantos farejando tudo para descobrir de onde vem esse cheiro, até que saltando dos altos picos onde vive, acaba morrendo e se torna uma fonte de renda para os caçadores que vendem o almíscar. A partir desse acontecimento criou-se um poema: “Oh tolo almiscareiro, buscaste a fragrância em toda parte, exceto dentro de ti…” Essa história é um trecho do recente livro Treinamento Perfumado, de Maria Lucia Lee, a mesma introdutora do Lian Gong em 18 Terapias no Brasil.

O Treinamento Perfumado é uma prática terapêutica simples e eficiente, que hoje é muito praticado nas praças chinesas e que começa a ser divulgado no Brasil.   O nome se originou  do Zen Budismo, antes  conhecido como: O Despertar da consciência sábia, pois é possível durante uma aula, sentir aromas que não estão presentes no ambiente, e sim no subconsciente do praticante.

            Além desse possível perfume que  pode se sentir durante a prática, essa técnica é muito interessante pois é dividida em dois níveis: no nível 1, existem 15 movimentos realizados apenas pelos braços, repetindo-se em média 36 vezes cada movimento com  a duração total de aproximadamente 15 minutos. Esses movimentos ajudam a expulsar as doenças e após 3 meses seguidos da prática do nível 1, de uma a três vezes por dia, com o corpo mais preparado, o praticante pode então iniciar o nível 2 com mais 15 movimentos alternados de braços e pernas durante 3 meses também, para nutrir o corpo deixando-o mais resistente. Após os três meses da prática do nível 2, a pessoa pode então alternar os níveis conforme sua necessidade.

            Por experiência própria, após algumas poucas oportunidades que tive de participar dessa técnica, percebi meu corpo muito mais disposto e a mente mais atenta, portanto uma ótima dica é a prática  pela manhã.   

É possível participar de cursos para se aprender, aprimorar e ensinar  esta técnica no site WWW.palasathena.org.br ou quem tiver curiosidade em assistir uma aula, acesse um dos vídeos:

 http://www.youtube.com/watch?v=9H5_UIaghJg&feature=player_detailpage

É fácil e muito eficiente: Vale a pena aprender e ensinar a quem precisa!!!

A obsessiva busca pelo corpo perfeito

 

Em tempos de Fashion Week, a mídia faz questão de mostrar a cultura do corpo magro, que exige padrões realmente muito fora do comum e deixam muitas pessoas frustradas por estarem fora desses padrões. O que mais incomoda é que as pessoas estão dispostas a fazer qualquer coisa para perder alguns quilos e o preço pode ser muito caro em diversos sentidos…

Muitas revistas vendem manchetes como: Perca 5 quilos em 1 semana com a dieta da melancia!!!! Essas revistas apenas se esquecem de colocar uma observação dizendo: Se você continuar com essa dieta além de uma semana você pode morrer ou Se você fizer essa dieta e após uma semana voltar a sua dieta comum, você vai engordar até mais quilos do que você perdeu pois  o seu corpo entendeu que  na semana passada  você estava passando fome e agora vai armazenar tudo o que você consumir ok!!!!!!

Bom, parece piada, mas o que quero alertar neste post é que acima de qualquer corpinho magro, é preciso estar bem física e psicologicamente. Não adianta a pessoa adquirir doenças como anemia, depressão ou até mesmo anorexia a qualquer custo pela modinha do momento ou apenas para se parecer com a modelo ou atriz X.

É importante saber as conseqüências de ser mais uma Maria vai com as outras, é preciso se esclarecer e se informar muito antes de seguir decisões que podem afetar a saúde em geral, portanto aqui vão algumas dicas para um emagrecimento saudável e sem o temido efeito sanfona:

– Pratique uma atividade física regular e se possível com a orientação de um profissional de Educação Física, procure fazer uma atividade que você goste,  pois a chance de desistir nos 3 primeiros meses é muuuuuuito grande.

– Tente comer a cada 3 horas, para acelerar seu metabolismo, pois  ao contrario do que muitos fazem,  ficar muito tempo sem comer,  apenas pode retardar a perda de peso  e ainda ganhar uma gastrite de brinde. Lembre-se também de diversificar os alimentos, comendo de tudo em poucas quantidades,  principalmente poucas quantidades de doces, eu sei que é difícil, mas é preciso ser forte!!!!

– Seja persistente, pois nada acontece de uma dia para o outro e emagrecer sem o efeito sanfona exige um longo tempo para que o organismo incorpore o novo peso.

– Aprenda a gostar de você, pois se nós não gostarmos de nós mesmos, acabamos criando barreiras que não permitem com que outras pessoas possam nos admirar.

– Não espere a temida segunda feira para começar uma dieta, comece quando você se sentir disposto e lembre-se que a vida é agora!!!!!!

Respire – medite – relaxe Parte II

No primeiro texto que escrevi aqui no blog sobre meditação, coloquei dicas básicas, mas que para um início nesta prática, não são tão básicas assim, no entanto, percebi que ainda precisaria de pelo menos mais um texto com algo mais teórico e conhecedor sobre o assunto. Pensei em buscar livros específicos, mas ainda não tinha tido tanto tempo para esta pesquisa, até que de repente…

lendo um outro livro que considero como uma espécie de auto ajuda, achei frases e explicações muito interessantes e didáticas  sobre meditação  que eu tinha a obrigação de dividir com os leitores do blog e que eu não esperava achar naquele livro.

Neste acaso já começa um pouco do quero mostrar, sobre a meditação, pois quando não temos a ansiedade de pensar desesperadamente no futuro e não nos apegamos tão cruelmente ao passado, conseguimos esvaziar a mente e deixar que ela seja preenchida com a humildade do presente. Foi o que aconteceu comigo neste exemplo,  eu não estava nada desesperada pra achar algo muito inovador sobre meditação, e acabei achando.

Pois então, essa já é uma das grandes dicas do livro; para que você possa contemplar a divindade que existe dentro de você, é preciso mandar a ansiedade embora, estar presente e saber ouvir mais do que falar, é isso mesmo, ouvir a si próprio , pois o tempo todo temos o grande costume de apenas falar, falar e falar… Precisamos saber que a meditação é o ato de ouvir, e não o ato de falar, pensar, julgar… Se conseguirmos domar nossos pensamentos, será ótimo, pois assim como nós somos o que comemos, também somos o que pensamos. As nossas emoções são escravas dos nossos pensamentos, assim como podemos nos tornar escravos das nossas emoções!!!

            Pois é amigos, muita calma e paciência, pois domar a mente é tão difícil quanto domar o vento…

            Essa inquietude dos nossos pensamentos, essa ansiedade pelo futuro e o apego ao passado, muitas vezes acontece porque estamos sempre em um descontentamento constante em nossas vidas. Você já parou para pensar por que uma criança consegue ser feliz um dia inteiro e um adulto normalmente não ??? Muito simples, isso acontece porque a vida vai tornando uma criança feliz e pura em um adulto egoísta demais para perceber o EU supremo que existe dentro de um ser humano e que apenas busca a paz, paz essa que  é a nossa verdadeira identidade que precisa de um pouco de presença, consciência e tranqüilidade. Precisamos encontrar esse equilíbrio, essa paz de espírito e a meditação é um ótimo caminho…

Desejo a todos um 2011 em paz!!!!!

 

Ah querem saber qual foi o livro que tanto me inspirou para escrever este texto?

Comer   Rezar  Amar  (um livro despretensioso, inteligente  e divertido) eu recomendo!

 

 

%d blogueiros gostam disto: